17 novembro 2008

Quanto custa retocar um visual

Carla Matadinho já investiu mais de dez mil euros na sua imagem. A silhueta da jornalista Dina Aguiar vale hoje cerca de quatro mil euros. E por uma quantia semelhante Merche Romero contornou as nádegas.



Modelos, apresentadores, jornalistas e actores que todos os dias surgem no pequeno ecrã não podem descurar o visual. A maioria destas figuras públicas aposta na mudança, na valorização de corpo e rosto, por questões profissionais mas também de auto-estima.

'Na saúde e no bem-estar o investimento nunca é de mais. Digo com orgulho que este meu sorriso vale ouro. Já no resto, roupa e acessórios, sou muito forreta', confessa Carla Matadinho à Correio TV. A mamoplastia que a modelo fez há seis anos ronda hoje os sete mil euros. Recentemente, o aparelho dentário, tratamentos complementares e consultas ascenderam aos três mil euros. 'Durante um ano e oito meses usei o aparelho e até com ele tinha gosto em sorrir. Era feliz com o aparelho (risos). Foi o melhor que fiz com os meus dentes, pois tinha um grande complexo. Investi centenas de euros mas não estou nada arrependida', revela a modelo, actriz e ex-Miss Playboy Portugal.

Embora o aumento dos seios tenha ajudado a elevar a sua auto-estima, Carla Matadinho acredita que não foi uma grande mais-valia para a carreira de manequim. 'Fi-lo apenas por uma questão de bem-estar. Na altura nem sequer era muito conhecida.' Mas avisa: 'Sou capaz de fazer tudo desde que influencie a minha auto-estima, mesmo que seja algo radical. Neste momento sinto-me bem com o meu corpo!'

No mesmo contexto, também Merche Romero não hesitou dizer 'sim' quando foi convidada para ser a primeira portuguesa a experimentar um tratamento inovador injectável, o Macrolane, que tem a duração de um a dois anos e é utilizado para o aumento e contorno das nádegas e seios. 'Procurarei sempre evitar a cirurgia plástica, sobretudo porque actualmente há imensas alternativas. Quando o meu médico me falou deste injectável para ‘reconstrução’ de uma zona do meu corpo, não hesitei. E foi fantástico, porque não demorou mais de 30 minutos, não fiquei com negras... e segui com a minha vida logo que saí da clínica', explica.

Ao emprestar a imagem a este produto, Merche poupou cerca de quatro mil euros. E garante que muito do que se diz que já fez 'não é verdade'. 'Jamais mexi no meu rosto mas não ponho de parte poder vir a fazê-lo, desde que tenha vontade e coragem e não caia no exagero', justifica.

Um visual mais actual é também o de Luciana Abreu. Logo que aumentou os seios, a actriz e cantora metamorfoseou-se e, já longe da imagem da cândida Floribella, tem hoje a pose de uma bela mulher de 23 anos. A nova imagem coloca-a nos lugares de topo da ‘Bolsa da Sensualidade’, o passatempo do Correio da Manhã.

As jornalistas Clara de Sousa (SIC) e Dina Aguiar (RTP1) revelam cuidar da imagem mas sem grandes exageros, tendo em conta que o jornalismo televisivo 'é uma área de maior sobriedade e menos aventureirismo', explica Clara de Sousa. A jornalista defende, contudo, que 'o jornalismo televisivo não tem de ser uma área cinzenta nem na roupa, nem na postura, nem nas palavras'. E assume: 'Eu aposto na diversidade e na inovação, sem qualquer prejuízo para o trabalho jornalístico.' E a mudança mais radical que já fez resume-se ao cabelo, conta: 'Há uns anos fui de férias de cabelo curto e voltei com ele comprido. Hoje não o faria. Mudanças, sim, mas a pouco e pouco, até por uma questão de coerência.' Opinião compartilhada pela colega da RTP. Para Dina Aguiar, 'a notícia não é o jornalista'. 'Nós somos os porta-vozes, os emissores da notícia, e se nos apresentamos de forma muito ousada tudo isso é ruído. Ao jornalista exige-se bom senso.'

José Carlos Castro, da TVI, comunga das ideias das colegas. 'Há uma espécie de ‘código’ para os jornalistas de televisão, regras básicas: o cabelo cuidado – na mulher nunca demasiado comprido – ou a barba aparada no caso dos homens', argumenta o jornalista. E acrescenta: 'Essas regras, digamos assim, aplicam-se também por questões culturais. Por exemplo, nos telejornais asiáticos é comum ver-se jornalistas com bigode, enquanto no Ocidente é inexistente.'

Quanto a cuidados com a imagem, embora exiba uma silhueta invejável, José Carlos Castro confessa não ter muitas preocupações. Ainda assim há algo que não dispensa no seu dia-a- -dia. 'Levo sempre o meu próprio desmaquilhante e hidratante, porque tenho muita sensibilidade nos olhos e preciso de utilizar bons produtos. De resto, tento não apanhar muito sol. Já em relação à alimentação, como de tudo. E até prefiro carne a peixe e saladas (risos).'

Para este trio de jornalistas, a imagem é importantíssima. 'E quem não a levar em conta ou a menosprezar não está a fazer um bom trabalho', reforça Clara de Sousa. Dina Aguiar corrobora e assume que já se deu a algo mais radical. 'Há uns anos fiz uma lipoaspiração para definir a cintura e perder umas gordurinhas. Desde então redobrei os cuidados com a alimentação.'

Mas se as mulheres têm mais opções e mais gastos nos cuidados com a imagem, a verdade é que a ideia do homem desleixado já não faz sentido. Além de José Carlos Castro, também o actor Rogério Samora, o humorista Herman José e o apresentador Jorge Gabriel são exemplo de um ‘look’ irrepreensível. Uma dieta equilibrada, cuidado com o sol, o uso de hidratantes e algum exercício físico estão no topo dos cuidados masculinos. De todos, Rogério Samora é quem assume maior despreocupação quanto à elegância que exibe. Apesar do investimento zero, o actor conta entrar nos 50 anos com os mesmos 76 kg de sempre. O segredo bem guardado de Rogério Samora, com 1,82m, resume-se a deitar-se com fome – 'e se tiver muita como uma bolacha ou um iogurte e volto para a cama'. Por outro lado, pratica um dos exercícios que os especialistas consideram mais saudáveis: 'Ando muito a pé. Em casa e no meu terreno. Aos fins-de-semana passeio bastante com os meus cães. De resto, confesso que sou extremamente preguiçoso para ir a um ginásio.'

O actor, que para interpretar Raul na novela ‘Fascínios’ (TVI) pintou o cabelo de preto, garante que logo que as gravações terminem 'voltam a ver o grisalho'.

Já o apresentador da RTP1 Jorge Gabriel obriga-se a uma dieta alimentar equilibrada, por questões de saúde mas também para manter o peso de 70 a 72 quilos que considera ideais para o seu 1,73m.

Também o humorista Herman José valoriza a imagem: 'A televisão deve reflectir o que se passa na vida real e, de preferência, apimentar a coisa com algum ‘glamour’. Qualquer forma de espectáculo deverá vender variedade, modernidade e sonho. Estou convencido de que, também no audiovisual, parar é morrer.'

Quanto a mudanças radicais, assume: 'Por enquanto, a cor do cabelo. Quanto ao futuro, poderá passar por um de dois caminhos: ou a reforma dourada sem retoques nem dietas, ou a continuação em antena, com recurso aos cuidados e disciplina que isso implica.' E remata o assunto com humor: 'Enquanto houver cabelos e optimismo, manterei este ‘look’, que me dá um ar mais irreverente e despreocupado. Não me apetece (ainda) assumir a imagem do senhor grisalho de meia-idade.' Contudo, conclui: 'Estamos rodeados de alguns exemplos inquietantes, de quem perdeu a conta, o peso e a medida...'

Apesar de alguns resistentes à mudança, a verdade é que no mundo da TV há necessidade de manter intocável a jovialidade na mulher e o charme no homem. Diz o cirurgião plástico Ângelo Rebelo que 'a eliminação de gorduras e dos papos nos olhos' é o mais solicitado por ambos os sexos.


ALGUNS CASOS:

CARLA MATADINHO

Ao aumentar os seios e tratar dos dentes a modelo e actriz valorizou a sua imagem. Mas mais importanto do que tudo para a própria foi o quanto isso contribuiu para elevar a auto-estima.

LUCIANA ABREU

A cantora e actriz tornou-se uma bela mulher ao aumentar os seios e revela a elegante silhueta ao optar por um ‘look’ mais actual. De resto, Luciana Abreu disse à Correio TV que o seu investimento na aparência se resume, actualmente, a cuidados básicos: 'Hidratar a pele e o cabelo sempre com máscara e sérum.'

CLARA DE SOUSA

Clara de Sousa continua a liderar em termos de sensualidade. Aos 40 anos revela uma forma e beleza invejáveis.
A imagem ‘angelical’ da jornalista de outrora mudou para um mulher sensualíssima.



MÉDIA DE PREÇOS

Valores praticados pelas principais clínicas de beleza de Lisboa e Porto

Botox: De 400 a 1.000 euros

Tratamentos de preenchimento: De 350 a 700 euros

Mamoplastia (aumento ou redução dos seios): Entre 3.000 e 7.000 euros

Lipoaspiração: De 1000 a 4000 euros

Lifting: De 3500 a 7000 euros

Peeling: A partir de 135 euros

Tratamentos para a celulite: A partir de 50 euros/sessão

Macrolane (injectável de aumento de nádegas e seios): De 3000 a 4000 euros

Consultas de nutricionista: A partir de 50 euros/consulta

Transplante capilar: Cerca de 5000 euros

Tratamentos capilares: A partir de 70 euros/consulta

Branqueamento dentário a laser: Cerca de 350 euros

Branqueamento dentário clássico: Cerca de 150 euros

Aparelho dentário: A partir de 2000 euros (inferior e superior)

in http://www.correiomanha.pt/noticia.aspx?channelid=00000017-0000-0000-0000-000000000017&contentid=1EB28CA8-E5AE-40C9-A0DD-F6E156500F0B

Sem comentários: