12 fevereiro 2008

A Incisão

A minha cirurgia vai ser pela axila.

No meu caso será esta a escolha pelo tipo de peito e mamilo - pequenos.
O meu mamilo é pequeno demais para suportar um corte - o corte no mamilo é feito na zona mais escura, e não na linha do mamilo, para evitar que esta se torne numa linha e acabe com o efeito "degradé" natural.
A opção por baixo da mama não foi escolhida porque, como o meu peito é pequeno e não é descaído, não existe nenhum "ruga" pelo que não fazia sentido estar a criar um marca...


embora a opção axila seja a mais difícil, confio no meu cirurgião, que decerto irá fazer um excelente trabalho!!

alguma info:


Incisões
A localização das incisões é uma das maiores preocupações das pacientes que desejam esta cirurgia. Isto é bastante compreensível, já que o aspecto das mamas é uma parte fundamental da identidade feminina. Embora nenhuma incisão possa ser considerada a melhor, observamos que a grande melhora obtida em termos de formato e auto-estima é geralmente mais valorizada do que a presença de cicatrizes. Na realidade, em termos de visibilidade após a cirurgia, a qualidade da cicatriz é mais importante do que o seu tamanho e localização.
O implante pode ser inserido basicamente através de três vias de acesso: por uma pequena incisão no sulco abaixo das mamas, na junção entre a aréola e a pele da mama, ou na axila. Cada uma destas tem suas vantagens e desvantagens, que devem ser discutidas amplamente. A escolha final dependerá da sua preferência, do formato das suas mamas, e da recomendação do cirurgião. Independentemente da técnica, o posicionamento das incisões e o nível de acabamento devem ser cuidadosos, visando tornar as cicatrizes finais praticamente imperceptíveis.

Incisão no sulco inframamário: Utilizada devido à facilidade de acesso à mama (oferecendo um alto nível de controle durante o procedimento) e a possibilidade de utilizar vários tipos de implante. Uma incisão bem posicionada resultará numa cicatriz praticamente imperceptível, localizada exatamente no sulco abaixo das mamas.

Incisão Periareolar: Preferida por muitos cirurgiões, a incisão periareolar é posicionada exatamente na interface entre a aréola e a pele da mama. Teoricamente, se o processo de cicatrização ocorrer normalmente, esta técnica oferece cicatrizes de ótima qualidade.

Incisão axilar: É a incisão ideal se o objetivo principal é evitar cicatrizes na mama. Porém, esta abordagem pode ser considerada a mais difícil em termos da criação de uma loja de tamanho adequado, posicionamento preciso do implante e controle de eventuais sangramentos. Em outras palavras, esta técnica é a que mais depende do treinamento e da experiência do cirurgião. Recentemente, a incorporação de instrumentos endoscópicos (instrumentos acoplados a uma câmera de televisão) a esta abordagem permitiu maior precisão e controle dos fatores já mencionados. Entretanto, o cirurgião deve ser extremamente hábil no domínio do material endoscópico para maximizar as chances de um resultado satisfatório. Finalmente, vale lembrar que os implantes mamários podem ser muito úteis na correção da ptose mamária. Este fenômeno, que ocorre frequentemente após a gravidez e em casos de emagrecimento importante, caracteriza-se pela “queda” das mamas com perda do contorno estético. Isto é especialmente evidente no pólo superior das mamas. Quando não existe tecido suficiente na própria mama, o volume pode ser aumentado utilizando um implante e a flacidez de pele ajustada através de uma incisão periareolar, vertical, em “T” invertido, ou uma combinação destas. Em geral, o tamanho e tipo de cicatriz acabam sendo proporcionais ao grau de flacidez presente.

8 comentários:

Marcelle Lima disse...

Olá Butterfly!! Desculpe se escrever algo errado, é que sou estrangeira. Há muito tempo acompanho seu blog e gosto muito. Parabéns!! Tenho minha cirurgia marcada para o dia 09/10, sábado e a minha incisão será pela axila, assim como foi a sua e tenho uma dúvida: Como fez para cuidar da higiene da axila depois da cirurgia?

Muito obrigada!

Purple Butterfly disse...

olá Marcelle!
Nos dias que se seguiram à cirurgia lavei com betadine espuma, que é um produto próprio para lavar cicatrizes. Depois colocava um creme cicatrizante na cicatriz.
Só comecei a usar desodorizante 1 mês depois da cirurgia, quando o médico disse que não havia problema.
Pergunte ao seu médico como deve proceder! Cada caso é um caso e ele deve esclarecer todas as dúvidas!
Nota: Usei creme cicatrizante durante um ano! ajudou imenso! mal se nota que fui operada ;)
bjs e boa sorte!!

filipa costa disse...

Olá Purple Butterfly,
que cicatrizante usaste?
Obg
Filipa

filipa costa disse...

Olá Purple Butterfly,
que cicatrizante usaste?
Obg
Filipa

Raquel disse...

Olá Butterfly,
Já algum tempo que ando para lhe escrever, também sou do Porto, e estou inscrita para cirurgia plastica, no hospital da Prelada, pelo dr. Paulo Costa.
O que acontece é que o estado está a cortar com as proteses, e como no meu caso trata-se de uma assimetria, eles podem utilizar as mesmas, ou seja não vai de encontro ao que tinhamos combinado há 2 anos atras. Hoje na minha consulta, e também com o Dr. Maia, falaram no aumento mas com "gordura", ou seja retiram alguma dessa "gordura" do meu corpo e injectam no peito. Já tinha ouvido falar neste procedimento mas não tenho muito conhecimento de causa, será que me pode elucidar, deixo o meu mail se achar que deve ser algo mais particular, agradecia mesmo pois tenho andado muito em baixo com esta espera e pelo facto de já não conseguir as proteses, e esta solução foi a luz ao fundo do tunel, mais uma vez agradeço no que puder ajudar para esclarecer as minhas duvidas e desconhecimento.
e.raquel.monteiro@gmail.com

Purple Butterfly disse...

- Olá Filipa Costa
usei o Cicactive da uriage no início, pq me disseram que é o melhor para começar a colocar mesmo na cicatriz ainda 'fresca'
Depois tb usei o Cicalfate da Avène.
O importante é usar cicatrizantes durante algum tempo e massajar a cicatriz. Ajuda imenso, n tenham dúvidas!!

- Olá Raquel!
Eu não conheço muito bem essa técnica, lamento....
Pelo pouco que sei, tem coisas positivas, nomeadamente o facto de não se usar um 'corpo estranho' (a prótese) mas algo que já é do nosso corpo, logo não há rejeiçoes nem problemas que podem surgir com próteses.
Desconheço se os resultados se mantêm pelos mesmos anos... mas o melhor é falares com o médico. Se não podes marcar outra consulta, telefona-lhe. Está no teu direito em querer esclarecer todas as dúvidas! Faz uma lista de questões e liga-lhe. Não podes fazer algo deste nível sem estar confortável.
Bjs e boa sorte!
Espero que consigas realizar o teu sonho.

Raquel disse...

Olá Butterfly,
Desde já o meu obrigado pela rapidez da tua resposta.
Vou seguir o teu conselho, mal tenha novidades coloco no teu blog, visto ser algo mais recente poderá ajudar mais alguém.
Bem haja.
Bjinhos e muitos parabéns pelo blog.

Marcelle Lima disse...

Olá Butterfly!
Sobre a higiene com a axila, meu cirurgião também não deixa usar desodorante, me mandou usar apenas talco.
Beijos!